Logo Bioparque Serra Negra

..

Nascente

Importância da água

 

A água cobre cerca de ¾ da superfície do nosso planeta. Apenas 2,5% dessa água é doce, o restante (97,5%) é salgada, presente nos mares e oceanos. 


A água doce está, em sua maioria, congelada nos pólos, e apenas 0,26% de toda a água presente nos planeta está disponível para o nosso uso, sendo que parte dela já está contaminada com produtos químicos e esgoto, se tornando imprópria para o consumo humano.
 

Quando pensamos na água costumamos pensar apenas no consumo humano, seja para beber, cozinhar ou tomar banho. Mas não pensamos que todos os outros seres vivos também necessitam de água em boas condições para consumirem ou até para viverem nela.
 

Muitos córregos e rios recebem os esgotos das cidades sem tratamento, contaminando a casa de muitos animais ou prejudicando a saúde de outros que saciam sua sede. No Brasil, apenas 38% do esgoto produzido é tratado antes de retornar para o meio ambiente, o restante é apenas despejado nos rios, contaminando-os.

Como funciona a nascente

 

A água da chuva que penetra no solo fica armazenada nas áreas entre os diversos tamanhos dos grãos de rocha que o compõe. Quando a água encontra uma camada de solo que é menos porosa (como uma rocha maciça ou um solo argiloso) e, consequentemente, com menos espaço para penetrar, ela começa a se acumular nesta região, criando então o lençol freático. Estes podem chegar de 500 a até 1000 metros de profundidade.
 

Quando a estrutura do solo muda, seja em sua composição ou formação, esta água pode subir para a superfície e brotar no solo, originando assim as nascentes.

Sem título.png

Por que proteger as nascentes?

 

Como a água das chuvas costumam lavar o solo e carregar consigo todos os compostos ali presentes, diversas atividades humanas são prejudiciais para os lençóis freáticos como, mineração, pulverização de agrotóxicos em larga escala e atividades industriais.


É essa água que retornará para a superfície com esses mesmos compostos que os animais e nós consumimos. Dependendo do tipo de contaminação essa água pode se tornar altamente prejudicial para a saúde, causar doenças e até mesmo mutações nos organismos.
 

As nascentes são as responsáveis pela formação dos rios. Quando diversas nascentes formam pequenos cursos d’agua e estes vão se encontrando, o fluxo de água começa a aumentar e um rio é formado. Além das nascentes iniciarem a formação dos rios, a água da chuva também tem papel importante, pois ao ser direcionada de acordo com o relevo da região, ela contribui para o aumento da quantidade de água no rio. Esse conjunto de rios que drenam uma área é chamado de rede hidrográfica.

Para mais informações:

 

GOMES, M. A. F. Água: sem ela seremos o planeta Marte de amanhã. 2011. Disponível em: https://www.cnpma.embrapa.br/down_hp/464.pdf

SENADO FEDERAL. Brasil não trata a maior parte do esgoto urbano. Revista Em discussão. n. 23, Ano 05. 2005. Disponível em:  http://www.senado.gov.br/noticias/jornal/emdiscussao/escassez-de-agua/materia.html?materia=brasil-nao-trata-a-maior-parte-do-esgoto-urbano.html#:~:text=Segundo%20dados%20do%20Instituto%20Trata,monitoravam%20a%20qualidade%20da%20%C3%A1gua.