Logo Bioparque Serra Negra

..

Microclima

Microclima está relacionado a uma área com fatores climáticos¹ distintos de uma outra área na mesma região devido às diferentes características encontradas nela, como por exemplo construções, pavimentação do solo e presença ou ausência de vegetação.


Em um ambiente de mata fechada a umidade do ar é maior devido a alguns fatores como evapotranspiração² e pela não incidência direta de luz solar no solo. Da mesma forma a circulação de ar no interior da floresta é reduzida devido a presença da vegetação, que funciona como barreira. Assim, a oscilação de temperatura dentro de uma floresta é menor do que a de uma área aberta, mantendo um ambiente mais estável. 


Ao sair de uma floresta e ir para uma área aberta podemos perceber a diferença da temperatura, que é agravada pela incidência direta dos raios solares em nossa pele, e também por causa da umidade que é menor, já que se espalha com mais facilidade devido a ação dos ventos. 


A diferença de temperatura do ar de uma área com vegetação para uma área construída pode variar de 4 a 5°C e em relação à sensação térmica, a diferença pode ser de até 12°C. A temperatura do chão também varia muito dependendo do seu material. Comparando ambientes pavimentados com cimento ou asfalto e o solo de uma área coberta de vegetação a temperatura pode variar mais de 17°C.


Juntando a temperatura, umidade do ar, presença ou não de construções e vegetações e a incidência solar é possível perceber a grande influência desses fatores na sensação térmica de uma área. 

Alguns fatores influenciam na temperatura, como por exemplo a umidade do ar. Um ambiente com a umidade do ar alta, quer dizer que há muitas gotículas de água, essas gotas deixam o ar cada vez mais saturado, dificultando a evaporação de água de outras superfícies. Assim como muita água no ar dificulta a evaporação, o contrário também acontece, uma baixa umidade facilita a evaporação.

As propriedades da água permitem que esta consiga armazenar mais calor por mais tempo, portanto um ambiente úmido mantém mais a temperatura, ao contrário de um ambiente seco em que a variação desta é maior.

Glossário

 

1. Valores que caracterizam um determinado clima, tais como temperatura, umidade, precipitação e pressão atmosférica. 

2. A soma da evaporação da água através da superfície do solo com a perda de água por transpiração das plantas, fenômenos que ocorrem simultaneamente.

 

Para mais informações:

 

ANTUNES, L. Laboratório estuda como se formam os microclimas nas cidades. USP Online Destaque. 2012.
CARVALHO, M. Fatores que influenciam no conforto térmico no ambiente de trabalho: uma revisão sistemática. Revista Científica Semana Acadêmica. Fortaleza, n°138. 2018. Disponível em: https://semanaacademica.org.br/artigo/fatores-que-influenciam-no-conforto-termico-no-ambiente-do-trabalho-uma-revisao-sistematica
MARTINI, A.; BIONDI, D.; VIEZZER, J.; SILVA, D. A. DA; O efeito microclimático do fragmento florestal existente no Parque Municipal do Barigui na cidade Curitiba-PR. Ciência e Natura.v. 37 Ed. Especial SIC, p. 125 – 131. 2015.
MARTINI, A.; BIONDI, D.; Microclima e Conforto Térmico de um Fragmento de Floresta Urbana em Curitiba, PR. Floresta e Ambiente. 22(2):182-193. 2015.
SHINEZATO, P.; DUARTE, D. H. S. Impacto da vegetação nos microclimas urbanos e no conforto térmico em espaços abertos em função das interações solo-vegetação-atmosfera. Ambient. constr.,  Porto Alegre ,  v. 18, n. 2, p. 197-215,  2018.   Disónível em:  <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1678-86212018000200197&lng=en&nrm=iso>